Programa da GSMA ‘TECH4GIRLS’ ganha o Prêmio Cidadão Corporativo das Américas 2018

dezembro 13, 2018

O Trust for the Americas, afiliado à OEA, reconheceu o Tech4Girls pela promoção de oportunidades econômicas e desenvolvimento de habilidades para meninas e mulheres.

13 de dezembro de 2018, Washington, D.C.: O Trust for the Americas selecionou a GSMA como vencedora do Prêmio Cidadão Corporativo das Américas 2018, na categoria “Habilidades Técnicas para o Futuro do Trabalho”, por seu programa “Tech4Girls”. O prêmio foi entregue pelo secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, em uma cerimônia realizada na semana passada em Washington D.C.. Ana Tavares Lattibeaudiere, diretora para a América do Norte, e Paula Ferrari, diretora regional de marketing para a América Latina, receberam o prêmio em nome da GSMA.

O Tech4Girls faz parte do programa global Women4Tech da GSMA, que se concentra na redução da exclusão de gênero persistente na indústria móvel. O Women4Tech oferece diferentes pontos de contato para as mulheres em toda a sua jornada de educação e carreira, por meio de iniciativas dedicadas, desenvolvimento e oportunidades de networking. O Women4Tech apoia os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, em particular o ODS 5: “Igualdade de Gênero”.

Lançado em março de 2018 pela GSMA North America, o Tech4Girls oferece workshops educativos práticos para meninas, projetados para aumentar sua autoconfiança e interesse em tecnologia, encorajando-as a buscar educação e carreira nas áreas de ciência, tecnologia, engenharia, arte e design e matemática (STEAM na sigla em inglês).

A iniciativa foi lançada no escritório da GSMA Latin America, em Buenos Aires, em 4 de outubro, complementando a Cúpula Internacional do Women 20 (W20), realizada na mesma semana na cidade. Ao longo do ano, a GSMA atuou como Topic Chair para inclusão digital no grupo de engajamento oficial do W20 do G20, focado na igualdade de gênero; A promoção da participação das mulheres nos estudos e indústrias em STEAM foi assinalada como uma recomendação proeminente no Comunicado Final do grupo submetido aos Chefes de Estado do G20.

As participantes do Tech4Girls adquirem habilidades que as preparam para carreiras em STEAM, como desenvolver um dispositivo de inteligência artificial, tal qual o Google Home, criar um computador usando um Kano Kit e, no workshop de Buenos Aires, codificar um aplicativo móvel pela primeira vez. A sessão latinoamericana também reuniu mulheres líderes nos setores público e de ONGs para compartilhar suas próprias experiências no setor de TIC como uma forma de inspirar as meninas a explorar as múltiplas possibilidades de uma carreira em tecnologia. Essa abordagem multissetorial foi fundamental para aumentar a visibilidade e estender o impacto para além das meninas que participaram do workshop.

“Nós estamos orgulhosos e agradecidos por este reconhecimento, mas sabemos que é apenas o começo do que está por vir”, disse Paula Ferrari, diretora regional de marketing da GSMA para a América Latina, na cerimônia de premiação. “Nosso objetivo é escalar o Tech4Girls em nível regional, promovendo o desenvolvimento de meninas por meio de um treinamento adequado, networking e orientação em toda a América Latina.”

“Nós estamos muito comprometidos com esse esforço, pois as mulheres ocupam menos de 20 por cento de todos os papéis no setor de tecnologia”, disse Ana Tavares Lattibeaudiere, diretora da GSMA para a América do Norte. “A expansão da iniciativa Tech4Girls para a América Latina desempenha um papel importante no aumento da representação feminina nos estudos STEAM, proporcionando às meninas confiança em suas habilidades e mudando a narrativa de gênero e carreira.”

Resources

Back
Subpages Events and Social links
 
Subpages right column – PT